sexta-feira, dezembro 25

E Tu Belém Efrata????

Belém, Cidade de Davi e de Jesus.Mq.5.2.Mas tu, Belém Efrata, posto que pequena para estar entre os milhares de Judá, de ti é que me sairá aquele que há de reinar em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.
Campo dos Pastores, onde os pastores foram divinamente avisados do nascimento de

Jesus, O Cristo e Senhor.
Para nós que estamos envolvidos com a Lição sobre Davi é importante saber o que está ocorrendo nestes dias, na Cidade onde ele nasceu e onde nasceu o Aniversariante mais poderoso do Mundo, o qual tem neste dia a comemoração de seu nascimento: Jesus Cristo!

Sim, Jesus , filho de José e Maria é o mais ilustre cidadão de Belém!
A Cidade onde nasceu o Nosso Salvador, é hoje um deserto de cristãos, apenas uma ínfima parcela da população continua sendo cristã.

Por que será que isto aconteceu?
A reportagem local tenta entender o fenômeno.Hoje Belém está sob a direção da Autoridade Palestina.
Cercada por muros, que a distanciam da mais nobre cidade do Mundo: Jerusalém, que lembra Davi e Jesus Cristo.
Belém (em árabe بيتلحم, transl. Bayt Lam, lit. "Casa da Carne"; em hebraico: ביתלחם, transl. Beit Lehem, lit. "Casa do Pão"; em grego : Βηϑλεέμ, transl. Bethlehém; em latim: Bethlehem) é uma cidade Palestina localizada na parte central da Cisjordânia, com uma população de cerca de 30.000 pessoas. É porém, considerada por Israel como parte da “Jerusalém Maior”.
É a capital da província de Belém, na Autoridade Nacional Palestina, e um centro de cultura e turismo no país. Localiza-se a cerca de 10 quilómetros ao sul de Jerusalém, a uma altitude de 765 metros acima do nível do mar.Apenas 2% são cristãos na cidade onde nasceu Jesus.O número de cristãos em Belém, cidade considerada o local onde Jesus nasceu, está diminuindo.Há cem anos, cerca de 40% da população da cidade era cristã, agora são 2%.
E, de acordo com algumas previsões, os últimos cristãos deverão deixar a cidade antes de 2025.Creio que em alguns dos vilarejos o número de cristãos é zero", disse à BBC Simon Azazian, integrante da Sociedade Bíblica Palestina.
"Em Birzavit, por exemplo, 100% eram cristãos, depois (a porcentagem) caiu para 60%, agora são 40% e esse número continua baixando.
Alguns cristãos dizem que esse êxodo se deve ao fundamentalismo islâmico.
Lembrando que a designação: “cristãos”, envolve todas as Igrejas que professam o nome de Jesus Cristo!
"Eles introduzem em nossa cultura e na nossa sociedade uma visão da religião que não tem nada a ver com o nosso contexto e nem com a nossa história", disse à BBC o sacerdote luterano Mitri Raheb.
Isto não é apenas uma ameaça para a comunidade cristã palestina, mas também para toda a sociedade palestina, já que tentam nos mandar de volta para a Idade Média", acrescentou.Outros cristãos ressaltam que a decisão de ficar em Belém ou ir embora depende de vários fatores.
"Depende da situação política, que afeta a situação econômica", afirmou George Sa'ada, da Igreja Ortodoxa Grega.
A cidade da Promessa, terra de Jessé, o belemita e de seu mais ilustre filho, o Rei Davi, Belém (cujo nome em hebraico é Beit Lechem, a Casa do Pão) foi fundada na região de Efrata,donde seu nome primitivo Efrata, já citado na Bíblia (Gn 15,19; 35, 16.) Pertencia à tribo de Judá, e por isso era designada como Belém de Judá (Jz.17,7;Mt.2,5), para distingui-la de Belém de Zebulom (Js 19,15).Gênesis 35:19, que narra que Raquel morreu de parto perto de Belém no caminho a Efrata, e que Jacob colocou um monumento sobre sua tumba. (O sítio da Tumba de Raquel, bem perto de Belém, é um Lugar Santo, judaico e até hoje um local de peregrinação e oração.) Contudo, Belém é mais conhecida na tradição judaica por causa do Rei David, e no Cristianismo, como o local do nascimento de Jesus.
Pesquisas arqueológicas indicam que durante o período do Primeiro Templo a cidade murada se localizava na área da Basílica da Natividade, e que as cavernas sob a basílica poderiam ter sido usadas como extensões das residências particulares (como depósitos, estábulos, etc.). Este uso de cavernas e cômodos escavados em rochas era comum em toda a região até muito recentemente. Uma destas cavernas foi transformada em santuário no século IV,considerada como sendo o sítio da Natividade. A atual Basílica é a mais antiga igreja consagrada do mundo. Ela foi construída pelo imperador bizantino Justiniano (527-565), no sítio de uma basílica erigida anteriormente pelo imperador Constantino em 325.
Em Belém de Judá nasceram: o levita da Casa de Micas, a mulher do levita Efraim, Booz, Jessé e Davi, que aí recebeu a unção de Samuel.
Tendo sido ocupada, por algum tempo, pelos filisteus, foi fortificada por Roboão e repovoada quando da volta do Exílio babilônico.
Mas, Belém é célebre, sobretudo, por ser o local de nascimento de Jesus CristoMt2,16; Lc 2, 4-15; Jo 7, 42), cumprindo-se, então a famosa profecia messiânica:“E tu Belém, terra de Judá, não és de modo nenhum o menor dentre os principais lugares de Judá.Porque é de ti que há de sair o Chefe, que há de pastorear o meu povo, Israel” (Mq.5,2).
E é em Belém que se comemora o Natal dos peregrinos de todo o Mundo.
Este Ano:Milhares de peregrinos e cristãos palestinos lotaram nesta sexta-feira a Basílica da Natividade, na cidade de Belém, na Cisjordânia, para celebrar o Natal no local do nascimento de Jesus, segundo a crença cristã.
Entretendo a multidão que não conseguiu entrar na basílica, corais de Natal, músicos e um grupo de dança com saias brancas gigantes bordadas com a palavra paz em vários idiomas.
Cerca de 15 mil visitantes lotaram o pavilhão de pedra em frente a pequena Porta da Humildade --onde os peregrinos se inclinam para entrar na igreja multi-denominacional, construída acima do ponto onde os cristãos acreditam que Jesus nasceu.
Embora grande parte da América do Norte e Europa estejam sob frio intenso e nevasca, os visitantes a Belém compravam suco de fruta refrigerados na Praça da Manjedoura.
"Está cerca de 20 graus e é um pouco difícil conseguir o sentimento de Natal que eu estou acostumado a ter", disse Phillip Bem, 22, da Alemanha. Os europeus e americanos, os povos do hemisfério Norte associam o Natal a neve, bonecos de Neve e outras figuras dispensáveis.Alguns turistas estavam confusos com a cena. "Eu não estou acostumado a ver bandas nas festividades do Natal, mas é divertido, disse Vijey Raghavan, 40, de São Francisco, Califórnia.

Dentro da igreja, na tradicional missa da meia-noite, as celebrações foram mais tradicionais, com hinos de Natal em seis idiomas diferentes, incluindo o árabe. Porém há Igrejas Evangélicas árabes na região.
O turismo em Belém acelerou nos últimos anos, depois de ter perdido força durante a Intifada palestina que eclodiu em 2000. Hotéis esperam um aumento de 60% para 70% nos negócios este ano.
Is. 9. 6 Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz.
Ainda assim, muitos moradores dizem que o desenvolvimento é prejudicado por medidas de segurança impostas por Israel para manter os radicais longe, incluindo um muro de oito metros entre Belém e Jerusalém. <
Os visitantes e a população local não podiam deixar de ver o muro, mas preferiram focar no espírito do Natal.
"É seguro, está quente, é um momento feliz. É bom que os visitantes vejam as coisas boas também", disse Reem Mohammad, 16, residente de Belém.
OREMOS POR BELÉM!

Um comentário:

Daniel Deusdete disse...

Obrigado pelas informações. Deus abençoe! Estarei usando seu texto em meu blog, com a devida citação de sua fonte.

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical